Agosto lilás


1 min de leitura
23 Aug

Estamos em agosto e agosto se tornou o mês de combate a violência contra a mulher desde 2016.

Hoje, depois de tudo o que vivenciamos nos últimos anos no Brasil e principalmente nos últimos dias lá no Afeganistão , devemos dar muito mais valor a essa data.

A pergunta é: "E se a próxima vítima for eu"?

E se a vítima for minha filha, minha prima, minha irmã, minha colega de trabalho e etc?

Neste ano comemoramos os 15 anos da Lei Maria da Penha, com ações de prevenção e combate à violência que se intensificam, uma vez que durante o período de pandemia no ano de 2020 aproximadamente 17 milhões de mulheres foram vítimas de algum tipo de violência no Brasil.

Vivemos um exemplo famoso disso, com o caso do dj Ivis e da Pamella Holanda.

Violência contra a mulher não tem desculpa.

  • Ligue 180 para informações e denúncias - Central de Atendimento à Mulher, do Governo Federal, funciona 24h.
  • Todas as unidades da Polícia Militar e as Delegacias de Polícia Civil do Estado estão aptas a receber/orientar mulheres em situação de violência.

USE MASCARA, MAS NÃO SE CALE!

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.