2 min de leitura
17 Dec
Alteração do uso de cadeirinhas nos veículos

Quando se trata da segurança das crianças no trânsito, não podemos abrir mão de nenhum cuidado. O uso da cadeirinha infantil no carro é um desses cuidados essenciais que devem ser rigorosamente seguidos por todos os pais e responsáveis. Neste artigo, vamos destacar a importância do uso da cadeirinha infantil e explicar por que ela deve ser uma prioridade quando se transporta uma criança em um veículo.

A Legislação Brasileira e a Cadeirinha Infantil

No Brasil, o uso da cadeirinha infantil no carro é regulamentado pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). A legislação estabelece que todas as crianças com até 10 anos de idade devem ser transportadas no banco traseiro e utilizando dispositivos de retenção adequados à sua idade, peso e altura.

Por que a Cadeirinha é Tão Importante?

A cadeirinha infantil é fundamental para proteger a criança em caso de acidente ou colisão. Ela foi projetada para distribuir as forças do impacto de forma segura, reduzindo drasticamente o risco de lesões graves ou fatais. Sem a cadeirinha, uma criança está sujeita a ser lançada para fora do veículo ou sofrer lesões graves no caso de uma colisão.

Idade, Peso e Altura: Critérios para a Escolha da Cadeirinha

A escolha da cadeirinha adequada deve levar em consideração a idade, peso e altura da criança. Existem três tipos principais de dispositivos de retenção:

  1. Bebê-Conforto: Indicado para recém-nascidos até cerca de 1 ano de idade ou até atingirem 13 kg. Deve ser instalado de costas para o movimento.
  2. Cadeirinha: Para crianças de 1 a 4 anos de idade, aproximadamente, ou com peso entre 9 e 18 kg. Também deve ser instalada de costas para o movimento.
  3. Booster ou Assento de Elevação: Recomendado para crianças maiores, geralmente dos 4 aos 7 anos, que já ultrapassaram o peso da cadeirinha, mas ainda não têm altura suficiente para usar o cinto de segurança do carro.

Instalação Correta: Um Passo Fundamental

Tão importante quanto escolher a cadeirinha certa é instalá-la corretamente. Muitos acidentes podem ocorrer devido a instalações inadequadas. Sempre siga as instruções do fabricante e verifique se a cadeirinha está bem presa ao banco do carro.

Multa e Pontos na CNH: As Consequências do Não Uso

Além da óbvia preocupação com a segurança da criança, não usar a cadeirinha também tem implicações legais. O não cumprimento da lei pode resultar em multa para o condutor, além de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O valor da multa varia de acordo com a infração e pode ser significativo.

Conclusão: Segurança em Primeiro Lugar

Em resumo, o uso da cadeirinha infantil no carro é mais do que uma obrigação legal; é uma questão de segurança e responsabilidade. É essencial escolher o dispositivo de retenção adequado, instalá-lo corretamente e sempre garantir que a criança esteja devidamente protegida durante os deslocamentos. Ao priorizar a segurança das crianças no trânsito, estamos protegendo o nosso bem mais valioso. 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.