O lado moral do assassinato


1 min de leitura
03 Nov

Qual a coisa certa a fazer?

O lado moral do assassinato.

  • Matar uma pessoa para salvar as vidas de outros cinco, ou
  • Não fazer nada, mesmo sabendo que cinco pessoas morreriam diante de seus olhos se você não fizesse nada... 

Caso de raciocínio!

Esse é o cenário hipotético que o professor Michael Sandel usa para iniciar seu curso de Raciocínio Moral na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. 

À medida que os alunos se levantam para defender suas escolhas conflitantes, torna-se claro que as suposições por trás de nosso raciocínio moral são muitas vezes contraditórias, e a questão do que é certo e o que é errado nem sempre é preto no branco. 

A filosofia é uma história, que você não sabe onde lhe conduzirá, mas sabe que essa história é mais sobre você do que os outros.

Esses são os riscos pessoais que você toma ao responder essa pergunta.


Para quem adora saber temas assim acesse nossa página no blog voltada para as novidades do nosso site

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.