Violência contra crianças


1 min de leitura
07 Jun

Como reconhecer e agir ao suspeitar de violência contra crianças 

PRINCIPAIS SINAIS 

  • Violência física

Lesões estranhas, hematoma, fratura que deixou um calo ósseo, marca de queimadura.

  • Violência não física

Sinais de ansiedade, comportamento mais obsessivo, tiques, manias, a criança pode ficar sonolenta, letárgica, muito introspectiva ou então extremamente agitada, irritada. Pode mudar o comportamento de um dia para o outro.

  • Violência sexual

Mudanças de comportamento, sonolência (pois a agressão a impede de dormir). Geralmente, ela também não quer voltar para casa devido ao medo. É importante ressaltar que a violência sexual não se configura somente quando existe penetração.

  • Negligência

É a forma mais frequente de violência. Pode ser física, quando falta alimentação, higiene ou cuidados médicos básicos para a criança ou adolescente; emocional, quando há privação de suporte mental e afeto necessários para o seu desenvolvimento pleno.

COMO ABORDAR A VÍTIMA DE VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS?

O adulto que notar mudanças no comportamento da criança e desconfiar de algo pode e deve conversar com ela sobre o assunto, mas é importante que a criança confie em você e se sinta a vontade para falar.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.