1 min de leitura
23 Mar
Ao casar, preciso mudar meu sobrenome?

Muitas pessoas ainda se perguntam se é preciso mudar o sobrenome após o casamento. A resposta é: por lei, não é obrigatório! Vamos esclarecer essa questão.

A Escolha é Sua: É importante saber que mudar o seu sobrenome após se casar não é uma exigência legal. A decisão de adotar o sobrenome do seu marido ou esposa é totalmente pessoal. No Brasil, a legislação permite que você mantenha seu sobrenome de solteiro ou adicione o sobrenome do seu cônjuge ao seu, mas essa escolha fica a seu critério.

Tradição versus Escolha Pessoal: A prática de mudar o sobrenome após o casamento é uma tradição que vem de tempos antigos, mas nos dias atuais, ela é mais uma questão de preferência pessoal. Algumas pessoas optam por adotar o sobrenome do parceiro como um sinal de união ou por razões familiares, enquanto outras preferem manter seu sobrenome original por motivos profissionais, identitários ou pessoais.

Processo de Mudança de Sobrenome: Se você decidir mudar seu sobrenome, isso é geralmente feito no momento da oficialização do casamento civil. O sobrenome alterado será registrado na certidão de casamento, e você precisará atualizar seus documentos pessoais para refletir a mudança.

Conclusão: Em resumo, a decisão de mudar ou não o seu sobrenome após o casamento é uma escolha individual e deve ser baseada no que você e seu cônjuge sentem ser o melhor para a sua união. Não há regras rígidas a seguir, e o mais importante é que ambos estejam confortáveis com a decisão tomada.

Para mais informações sobre casamento, direitos pessoais e outras questões legais, continue acompanhando nosso blog.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.