A força não está no cabelo - a história de Sansão


1 min de leitura
19 Feb

Era uma vez um lindo cachorro da raça mais criticada de todos os tempos, a raça Pitbull.

Hostilizada, essa raça causa medo nas pessoas pela imagem de brutalidade e força que o cachorro aparenta, e que tutores maus fazem o bichinho ficar violento a troco de agressões e ringues proibidos.

Mas, como aparências enganam... Temos @todospor.sansao para provar isso.

Um cachorro mais manso que um pinscher (kkkkkkkkkk brincadeiras a parte) que foi brutalmente machucado, a troco de nada, perdendo as suas patinhas traseiras.

As patas de Sansão foram decepadas a sangue frio com um facão, por um cara sem coração.

Seu tutor Nathan Braga divulgou, chorando, o vídeo da brutalidade do acontecido, e o crime viralizou no país inteiro.

Artistas famosos, políticos, defensores de animais, ongs e toda a sociedade mobilizaram um movimento em prol da Lei Sansão.

Uma lei que protegeria os animais para sempre e que daria duras penas aos agressores de animais

Com isso, a mídia e a internet pressionaram o governo brasileiro a promulgar um projeto antigo de lei que visava a proteção dos animais contra os maus tratos.

Sansão, ainda em recuperação, saiu do interior de Minas Gerais e foi até Brasília, para "assinar" a sua luta em defesa dos animais.

Não foi fácil... Essa luta já era antiga! E, como toda luta, é demorada e precisa sempre alguém sofrer muito com isso para carregar a vitória no peito.

Sansão sofreu, mas mobilizou o Brasil inteiro para que os animais não sofressem mais.

Seu tutor pediu, no Instagram, que todos os donos de cachorros, principalmente daqueles cachorros que mais causam medo nas pessoas (por desconhecimento da raça) pudessem mostrar o lado doce e bom dos animais.

Viralizado o lado lindo dos bichinhos que não merecem sofrer!!!

Hoje, quaisquer maus tratos pode levar à PRISÃO de até 5 anos!!!

Que vitória eim Sansão!!!! A sua força está no seu enorme coração...

Essa é a história da luta por direitos de hoje!

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.