Na formatura do filho ele não foi


1 min de leitura
19 Aug
19Aug

Muita gente me pergunta qual é porcentagem de vitórias que meu escritório tem, eu sempre digo, depende...



➡️ Primeiro: o #advogado não pode falar o número de vitórias do seu escritório, porque isso é proibido pelo Código de Ética dos #advogados .


➡️ Segundo: eu sempre pergunto, o que é #vitória pra você?



Vamos ver um homem que ganhou “tudo”...



Um homem que tem 7 filhos e 5 ex-mulher, do qual ele enganava a todos, não pagava as #pensões e só dava apoio aos filhos do atual casamento, estes sim tinham de tudo do pai.



Como os filhos dos casamentos anteriores haviam sido muito bem criados pelas mães, eles sempre faziam questão de estar na presença do pai, não se importando com o passado de abandono.



Um dia... um dos filhos passou na Universidade Federal e fez um discurso de amor à sua mãe e ao seu padrasto, que, juntos, com muito custo, pagaram um cursinho para ele.



No final do discurso, esse filho agradeceu a toda a sua família e o seu pai biológico pelo apoio também lhe dado.



O pai biológico que estava na plateia, se retirou e nunca mais conversou com o filho, desde esse dia, pois ele achou que deveria ter um lugar especial na declaração do filho.



O pai é rico até hoje, sem nunca ter pago uma #pensão .



Lembro como se fosse hoje, esse garoto estava disposto a entrar com ação, e eu disse pra ele que um simples papel da justiça não ia mudar a vida dele e que a vida dele só ia mudar quando ele aceitasse que tudo um porquê, e que suas ações deveriam ser efetivas.


Depois de desistido da ação, esse meu grande amigo nos dias atuais me contou isso. Mas sabe o que ele me disse também, que durante a sua trajetória do perdão e aceitação, ele encontrou muitas pessoas que o instigavam a dar troco a qualquer custo, não só de advogados que queriam que ele entrasse com o #processo de abandono afetivo, mas também de amigos, de ex-namoradas e etc.



Me conta aqui, quem saiu vitorioso dessa “ação”? Essa situação entra para a minha lista de vitórias?

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.